Ter a CNH cassada é a penalidade máxima que um motorista pode sofrer, pois ficará sem dirigir pelo prazo fixo de dois anos e somente volta a dirigir depois de fazer o mesmo procedimento para tirar a Carteira de Motorista pela primeira vez.

 

São os seguintes casos que geram a cassação:

 

  • Se for pego dirigindo, ou cometer alguma infração, enquanto estiver com a carteira suspensa.
  • Se for reincidente, no prazo de doze meses, nas seguintes infrações:
  • Dirigir veículo de categoria diferente da sua habilitação
  • Entregar a direção do veículo para pessoa que possua CNH de outra categoria, diferente da do veículo;
  • Entregar o veiculo a pessoa com a CNH suspensa;
  • Dirigir alcoolizado,
  • Disputar ou organizar rachas e outras ações de exibição de perícia em manobra de veículo.
  • Em via pública, exibir ou demonstrar manobra perigosa como arrancadas bruscas e derrapagens.
  • Condenação por crime de trânsito; e
  • Constatação, em processo administrativo, de irregularidade na aquisição do documento de habilitação. A autoridade expedidora promoverá seu cancelamento.

O experiente escritório de advocacia Rosan Coimbra oferece ampla defesa contra CNH suspensa ou cassada. Nossa equipe de advogados vale-se de todos os meios jurídicos disponíveis para a defesa de nossos clientes.

1. Primeiramente, trabalharemos pela via administrativa, desenvolveremos defesas voltadas ao DETRAN. Através deste órgão, podemos anular ou tornar mais branda a pena.

2. Caso não seja possível, recorreremos ao âmbito judicial.

3. Nossos recursos e esforços visam esclarecer ao Poder Judiciário possíveis arbitrariedades cometidas pelo órgão de trânsito, tais como falhas na notificação, na apreciação dos argumentos e na fixação da pena.

4. O juiz sentencia favoravelmente ao condutor quando se depara com as arbitrariedades cometidas.